Top 7 Jovem Pan: quais foram os gols mais perdidos do Brasileirão?

  • Por Jovem Pan
  • 09/12/2015 12h29
SÃO PAULO, SP, 20.08.2015: FUTEBOL-CORINTHIANS - Vagner Love - Treino do Corinthians realizado no CT Dr. Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê, na zona leste de São Paulo. (Foto: Mauro Horita/AGIF/Folhapress)Sem espaço nos últimos jogos

O Campeonato Brasileiro acabou, e a Jovem Pan relembra os lances mais marcantes da competição que terminou com o hexacampeonato do Corinthians. Nesta quarta-feira, você confere os sete gols perdidos mais inacreditáveis na opinião da nossa equipe de esportes.

Herrera (Vasco) contra o Palmeiras

O “quase gol” Herrera fez jus ao apelido ao protagonizar um lance difícil de entender na derrota do Vasco por 4 a 1 para o Palmeiras, na 15ª rodada. Ele ficou na cara do gol após a bola ser desviada por um jogador palmeirense, driblou Fernando Prass, deixou o último zagueiro vendido e… chutou no travessão, a cerca de 3 metros do gol vazio. Como?

Bady (Ponte Preta) contra o Sport

O meia da Ponte não caprichou na finalização nesse lance, que aconteceu no empate por 1 a 1 com o Sport, pela 19ª rodada. A bola veio da direita e Bady, na pequena área e com o gol aberto, pegou muito mal na bola, mandando por cima da meta.

Riascos (Vasco) contra o São Paulo

O colombiano perdeu um caminhão de gols na derrota do Vasco por 4 a 0 para o São Paulo, na 12ª rodada. Mas esse foi especial: ele recebeu lançamento, limpou Rogério Ceni e conseguiu errar o alvo na finalização, para desespero dos cruzmaltinos.

Vagner Love (Corinthians) contra o Joinville

O artilheiro corintiano teve alguns momentos difíceis ao longo do campeonato, e esse certamente foi um deles. Na vitória por 3 a 0 sobre o Joinville, na 25ª rodada, Love recebeu um passe de Elias e chutou para boa defesa de Agenor; no rebote, com o goleiro caído no chão, ele conseguiu isolar a bola por cima. Pelo menos ele se redimiu no fim do jogo ao fechar o placar.

Guerrero (Corinthians) contra o Fluminense

Antes de trocar o Corinthians pelo Flamengo, o peruano deixou essa pérola na terceira rodada, em empate por 0 a 0 com o Fluminense. Com o gol vazio à sua frente após passe de Petros, Guerrero foi traído pelo quique da bola e bateu torto, para fora. Não que a fase tenha melhorado muito no Fla…

Fred (Fluminense) contra o Santos

Artilheiro consagrado também perde gol feito. Esse lance de Fred, na vitória do Fluminense sobre o Santos por 2 a 1, na 10ª rodada, é um exemplo perfeito: embaixo do gol, o camisa 9 entrou de carrinho e conseguiu desviar a bola na trave. Nem se ele tentasse de novo ele conseguiria.

Ricardo Oliveira (Santos) contra o Atlético-PR

E nem o goleador máximo do Brasileirão escapou. Na 19ª rodada, o Santos empatou por 0 a 0 com o Atlético-PR, e fez falta o gol perdido pelo camisa 9: após rebote do goleiro Weverton, Ricardo Oliveira encheu o pé na pequena área… e acertou o travessão! O atacante ainda perdeu um pênalti naquele jogo.

Para o comentarista Bruno Prado, o gol mais perdido foi o de Herrera contra o Palmeiras. E para você?