Totti “se convoca” para Copa e diz que levaria Cassano

  • Por Agencia EFE
  • 19/03/2014 13h43
Totti

O meia-atacante Francesco Totti afirmou nesta quarta-feira que se “convocaria” para a Copa do Mundo se estiver em boa forma no fim da temporada e fosse o técnico da seleção italiana, e que levaria Antonio Cassano, seu ex-companheiro de Roma e que atua no Parma.

“Eu e Cassano, o levaria ao Mundial”, disse Totti em entrevista à revista “Il Romanista”, dando um claro recado ao técnico Cesare Prandelli.

Totti, de 37 anos, voltou a jogar pela Roma no fim de semana após se recuperar de uma lesão que o afastou dos gramados por quatro partidas. A equipe da capital venceu a Udinese por 3 a 2 pelo Campeonato Italiano, com um gol de seu capitão e outro de Mattia Destro.

Embora tenha sofrido algumas lesões após um bom início de temporada, Totti, que disse adeus há alguns anos à seleção, parece ter voltado atrás em sua decisão, e o próprio Prandelli afirmou em novembro do ano passado que se o meia-atacante se mantiver em forma até maio, o convocará para a Copa.

“Um Totti assim é um Totti fantástico, mas preciso de 23 jogadores que estejam fisicamente bem. Um mês antes do Mundial avaliaremos as condições dos jogadores, e o aspecto físico será determinante”, disse na ocasião o técnico da seleção italiana.