Treinador do Querétaro pede que jogadores “protejam” Ronaldinho Gaúcho

  • Por EFE
  • 26/09/2014 00h36
Ronaldinho Gaúcho perde pênalti e estreia com derrota no Querétaro

O treinador do Querétaro, Ignacio Ambriz, afirmou nesta quinta-feira que seus jogadores devem proteger Ronaldinho Gaúcho e que a imprensa não deve esperar que o brasileiro carregue o time nas costas.

“A equipe vai entendendo o ritmo de Ronaldinho Gaúcho, devemos protegê-lo e estar perto dele para que seus esforços não sejam tão grandes”, disse Ambriz em entrevista coletiva.

Segundo o treinador, os meios de comunicação esperam que Ronaldinho Gaúcho seja decisivo em todas as partidas, mas ainda não é o momento, porque fisicamente o ex-jogador do Atlético Mineiro ainda não está bem.

Ronaldinho estreou no Querétaro na derrota por 1 a 0 para o Tigres em casa, na quarta-feira passada em jogo válido pela Copa MX, e desperdiçou um pênalti nesta partida.

No entanto, quatro dias depois, marcou, também em penalidade, seu primeiro gol pelo novo time, que bateu o Chivas Guadalajara por 4 a 1 fora de casa, pelo Campeonato Mexicano.

Ontem o jogador ficou de fora do jogo da volta contra o Tigres pela Copa MX, que o Querétaro novamente perdeu por 1 a 0, devido a uma infecção estomacal.

“Ele está bem, tranquilo, mas não é uma máquina. É um ser humano e o tem direito de ficar doente”, declarou Ambriz, que espera poder contar com o brasileiro no jogo de amanhã contra o Toluca pelo Campeonato Mexicano.