Treino classificatório da Fórmula 1 é adiado para domingo devido ao mau tempo

  • Por Agência Estado
  • 24/10/2015 19h57 - Atualizado em 06/11/2017 11h38
Com muitas chuvas

A forte chuva que caiu neste sábado em Austin, no Texas, adiou o treino classificatório do GP dos Estados Unidos para domingo (25), às 12 horas (horário de Brasília), poucas horas antes da largada da corrida, que está prevista para começar às 17h. 

A sessão que definiria o grid estava programada para acontecer às 16h deste sábado. Mas o mau tempo não deu trégua e a direção de prova começou a postergar a decisão de 30 em 30 minutos. Entre um adiamento e outro, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) mandava para a pista o safety car para analisar as condições. O horário limite para os carros voltarem à pista foi 19h (16h locais) em razão da falta de luz natural. Como o traçado continuou com pontos de alagamento, optou-se pela mudança da data.

Enquanto a FIA aguardava a melhora do tempo, as equipes aproveitaram o tempo livre para brincar com a quantidade de água que havia na pista. A Force India ganhou destaque das câmeras de televisão ao simular um “bobsled”. A Williams colocou dois funcionários em um carrinho de rodinhas com um remo na mão de cada um. Outros dois puxavam e arrancavam risos dos que esperavam pelo treino classificatório. Já a Sauber montou uma canoa com seus equipamentos.

A Red Bull também manteve o clima de descontração e os pilotos Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat fizeram sua versão do clássico filme “Cantando na Chuva”. A Toro Rosso transformou latinhas de enérgico em pinos e Max Verstappen e Carlos Sainz Jr fizeram uma disputa de boliche.

A chuva já havia atrapalhado na sexta-feira e fez com que a direção de prova cancelasse o segundo treino livre. Neste sábado, a terceira sessão livre aconteceu com pista molhada e contou com a liderança de Lewis Hamilton, da Mercedes. Devido ao mau tempo, a FIA cogitou cancelar o classificatório e a largada seria definida pelas posições do terceiro treino livre. No entanto, optaram por remarcar para domingo. 

O GP dos Estados Unidos pode garantir o título de Hamilton com três corridas de antecedência. O inglês lidera a classificação com 302 pontos. Se marcar nove pontos a mais do que Sebastian Vettel e dois a mais do que Nico Rosberg garante o tricampeonato