Tudo certo? Para Del Bosque, Espanha não está em baixa

  • Por Agencia EFE
  • 09/10/2014 20h54

Zilina (Eslováquia), 9 out (EFE).- A Espanha foi eliminada ainda na fase de grupos da Copa do Mundo e sofreu duas derrotas em três jogos disputados depois do Mundial, uma delas para a Eslováquia por 2 a 1 nesta quinta-feira, mas, na visão do técnico Vicente del Bosque, isso não significa que sua seleção esteja passando por um mau momento.

“Não acho que estamos em baixa. No último jogo fizemos cinco gols, e hoje merecíamos ao menos um empate. É um fator que temos que levar em conta”, considerou Del Bosque.

“Tínhamos 28 jogos oficiais de classificação e é a primeira derrota. Não falhamos, eles é que tiveram virtudes. Recuaram e, embora seja verdade que poderíamos ter sido mais inteligentes no ataque, mesmo assim tivemos oportunidades e o goleiro deles esteve muito bem”, completou.

O mais criticado após o revés em Zilina foi o goleiro Iker Casillas, que falhou no primeiro gol dos eslovacos, marcado Kucka em cobrança de falta ensaiada. “Ele tinha nos salvado em uma chance de gol da Eslováquia anteriormente. Não deu para ver o gol do banco, mas acho que a bola fez uma curva estranha e enganou Iker”, comentou Del Bosque, que deu méritos ao adversário e reconheceu que a Espanha caiu de produção após ter conseguido o empate.

“Quando parecia que tudo acabaria empatado, uma bela ação deles nos impediu de conseguir pelo menos um ponto. Eles tiveram momentos de bom futebol. Possivelmente perdemos efetividade e nos faltou profundidade. Mas ninguém pode acusar que houve falta de empenho. Lutamos com um bom comportamento”, finalizou. EFE