Uefa fecha parte do estádio do Dínamo Kiev e multa Roma

  • Por Agencia EFE
  • 04/03/2015 14h32
Jogadores do Dínamo de Kiev desembarcam de avião. Cena pode se repetir em cenário de guerra

A Uefa interditou parcialmente o estádio do Dínamo de Kiev, por causa dos incidentes ocorridos na partida contra o Guingamp, pela Liga Europa, e ainda multou a Roma por ocorrências na partida contra o Feyenoord, na Holanda.

Na volta da partida pela competição continental, na capital ucraniana, houve invasão de campo, lançamento de rojões e problemas na organização. Por isso, além do fechamento do setor 21 do estádio Olímpico de Kiev, o clube pagará 70 mil euros de multa.

A Roma, por sua vez, foi multada em 10 mil euros, por entrar em campo depois do horário previsto, e por o meia Adem Ljajic provocar torcedores do time holandês, que atuava em casa. O jogador também foi advertido pela Comissão Disciplinar da Uefa.

Sobre os atos racistas cometidos por torcedores do Feyenoord, a Uefa se pronunciará em 19 de março, depois de abrir procedimento disciplinar contra o clube, que também responderá pelo lançamento de rojões e objetos e organização insuficiente.

No jogo disputado na Holanda, uma banana inflável foi jogada no gramado do estádio Feyenoord, em direção ao marfinense Gervinho, da Roma. Porsteriormente, o objeto foi recolhido pelo quarto árbitro, o francês Hicham Zakrani.