UFC confirma luta entre Aldo e “Sonnen irlandês” para Las Vegas, em maio

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2015 09h00
McGregor vence luta e vai provocar José Aldo na plateia

“Uma das maiores lutas da história”. Foi assim que José Aldo, campeão dos penas do UFC, classificou o combate diante do polêmico Conor McGregor. O “Sonnen irlandês”, como já foi chamado aqui no Brasil, massacrou Dennis Silver, na noite deste domingo (18), e imediatamente após o fim da luta, pulou a grade do octógono para ir em direação ao lutar brasileiro, que assistia o evento na primeira fila. O UFC confirmou o combate dos dois para Las Vagas, possívelmente no mês de maio.

Depois da luta, McGregor já começou a provocar o campeão brasileiro. “Apenas vi sua cabeça brasileira magricela e pensei, o que ele está fazendo sentado na primeira fileira? Pulei a grade e aí acharam que eu tinha ido ver minha namorada (que estava sentada próxima a Aldo), devem ter achado que sou romântico (risos). Mas eu queria matar aquele pequeno brasileiro. Eles todos acham que é só diversão, mas não estou brincando aqui. A única coisa que me impediu de bater no José e arrebentá-lo ali na plateia foi o dinheiro, porque amo o dinheiro”, disse o falastrão irlandês.

A reação de José Aldo foi rir das caretas do irlandês, recém-saído do octógno. “É normal para mim [a provocação]. Tudo o que eu tenho a fazer é rir desse bobo. Essa luta com certeza venderá bastante, tem tudo para ser a maior da história da UFC. Quando aparece caras assim, é bom para que o evento cresça bastante”. O brasileiro se mostrou confiante mesmo diante do nocaute de McGregor sobre Silver. “Não fico impressionado com nada, quando eu tiver meu treinador e minha equipe ao meu lado, ninguém vai me vencer”, garantiu o campeão dos pesos pena do UFC.

Especulava-se que o confronto entre Aldo e McGregor pudesse ser realizado dentro de um estádio de futebol, mas Dana White, chefe da categoria, confirmou o embate para Las Vegas. Segundo ele, a previsão é que o encontro entre os dois seja no mês de maio.