Uma das figuras mais importantes da F-1 no Brasil, Wilson Fittipaldi faria aniversário; relembre narrações

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2015 21h35
Wilson Fittipaldi - Barão

Nesta terça-feira, 4 de agosto, faria 95 anos, caso estivesse vivo, Wilson Fittipaldi, uma das figuras mais importantes do automobilismo brasileiro. Além de piloto e empresário, o “Barão”, como era conhecido, foi o primeiro locutor de Fórmula 1 do rádio brasileiro e trabalhou por 47 anos na Rádio Jovem Pan. Foi também pai de Emerson e Wilsinho Fittipaldi.

Como narrador, pode presenciar, e transmitir, grandes momentos da Fórmula 1. Um deles foi a vitória de seu filho Emerson no Grande Prêmio de Monza, em 1972, a qual lhe deu o título mundial – o primeiro de um brasileiro. Narrou, também, o acidente do piloto Ronnie Peterson, no GP da Itália, que morreu um dia depois.

Wilson Fittipaldi também foi um dos responsáveis pela criação da Confederação Brasileira de Automobilismo. Em 2012, a entidade fez uma homenagem ao Barão ao comemorar os 50 anos de sua criação. Filho de italianos, Fittipaldi foi o patriarca de uma família que marcou o automobilismo mundial. Além dos filhos Emerson e Wilsinho, o neto Christian também é piloto profissional.

Em 11 de março de 2013, Wilson Fittipaldi morreu no Hospital Copa D’Or, no Rio de Janeiro, aos 92 anos, por conta de problemas respiratórios. Até hoje o Barão é lembrado por seu amor pelo automobilismo e por tudo o que fez para tornar o esporte popular no Brasil – e pelo que sua família fez para tornar o Brasil popular no esporte.

Para relembrar a carreira de Wilson Fittipaldi, ouça áudios com narrações e entrevistas do locutor. No último deles, a homenagem do Memória do Plantão ao locutor, acompanhe a narração do título mundial conquistado pelo seu filho Emerson.