Valcke afirma que imbróglio na Arena Corinthians terminará na sexta

  • Por Agência EFE
  • 27/03/2014 16h03

O secretário-geral da Fifa Folhapress Secretário-geral da Fifa

O secretário-geral da Fifa, Jérome Valcke, afirmou nesta quinta-feira estar confiante na resolução do problema envolvendo as instalações provisórias da Copa do Mundo de 2014, em entrevista coletiva concedida no Maracanã.

“Em Porto Alegre uma solução foi encontrada, mas isso não significa que resolvemos tudo. Ainda não temos uma solução para São Paulo. Deveremos ter essa solução amanhã. Temos a Odebrecht, uma forte empresa e confio neles. Ainda não posso falar ainda qual é a solução em São Paulo, mas estou confiante”, disse o dirigente.

A situação na capital gaúcha ficou praticamente ultrapassada depois que a Assembleia Legislativa o o projeto que prevê isenção fiscal para as empresas que ficarem responsáveis pelas estruturas temporárias do estádio Beira-Rio.

Entre as instalações que serão montadas exclusivamente para o Mundial estão camarotes para convidados da Fifa e autoridades, espaço para patrocinadores, lojas de produtos oficiais, salas de imprensa, entre outras.

Sobre a manutenção da Arena da Baixada como estádio da Copa do Mundo, Valcke garantiu que esta foi uma “boa decisão”. Além disso, o secretário-geral comemorou a comercialização de 2,56 milhões de ingressos para o torneio.

O diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, por sua vez, anunciou que nos próximos dias será tomada decisao sobre as Fan Fests, mais precisamente sobre o caso de Recife, já que a prefeitura da capital pernambucana não quer custear a instalação.

“Há outras cidades próximas muito interessadas, mas, por enquanto, não tomamos nenhuma decisão”, afirmou o dirigente.