Valdivia é suspenso por dois jogos no Brasileiro; Sheik pega quatro jogos

  • Por Jovem Pan
  • 29/09/2014 18h20
SÃO PAULO, SP, 17.09.2014: PALMEIRAS-FLAMENGO - Valdívia, do Palmeiras, recebe cartão vermelho - Partida entre Palmeiras e Flamengo, válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, na noite desta quarta-feira (17). (Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotoarena/Folhapress) Folhapress Valdivia voltou ao Palmeiras após um mês e foi expulso

O meia Valdivia pegou dois jogos de suspensão por ato hostil contra Amaral. Julgado nesta segunda-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o jogador do Palmeiras foi denunciado por “praticar agressão física”, no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) pelo pisão no volante do Flamengo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A pena mínima era de quatro jogos no artigo em que o meia foi enquadrado. Mas o departamento jurídico do clube conseguiu descaracterizar a agressão física para ato hostil e diminuir a punição. Como já cumpriu uma suspensão automática, o meia deve cumprir este jogo na próxima quinta-feira, no Pacaembu, contra a Chapecoense.

Outro caso que foi julgado foi em relação a um gandula da partida e a um laser utilizado pela torcida Alviverde. O trabalhador pegou 60 dias de suspensão por devolver rapidamente uma bola numa cobrança de escanteio. Por fim, pelo uso do laser, por parte da torcida palmeirense, foi sentenciada uma multa de 4 mil reais ao clube paulistano.

Emerson Sheik

Após o julgamento do chileno, Emerson Sheik foi julgado pelo STJD por sua expulsão no jogo contra o Bahia e depois ao se virar a uma câmera da TV e dizer as palavras “vergonha, vergonha, vergonha”. O atacante do Botafogo recebeu uma pena de quatro jogos de suspensão, pela expulsão. Já em relação nas declarações após ser expulso o jogador foi absolvido por unânimidade pelos auditores.