Valencia segura trio, consegue gol no fim e quebra sequência do Barça

  • Por Agência EFE
  • 05/12/2015 20h05
Investigado por fraude fiscal

A perseverança e a disciplina principalmente na marcação valeram ao Valencia um empate com o Barcelona em 1 a 1 neste sábado (5) no estádio Mestalla, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol, um resultado que representou o fim de uma sequência de dez vitórias da equipe catalã.

Em uma semana de transição, com a saída do técnico Nuno Espírito Santo e a chegada de Gary Neville, o time da casa saiu em desvantagem e tinha tudo para perder, mas se esforçou e foi premiada com a igualdade diante de sua torcida.

Apesar da derrota, o Barça ainda lidera o Espanhol, com 34 pontos, dois a mais que o segundo colocado, o Atlético de Madrid, que mais cedo bateu o Granada por 2 a 0 como visitante. Já o Valencia deu um salto na tabela e ao menos por enquanto aparece em quinto, com 22.

Neville ainda não se sentou no banco, e viu o jogo de um dos camarotes do Mestalla. Porém, mesmo comandado pelo interino Salvador González, o time da casa demonstrou evolução em pelo menos um aspecto, a entrega.

Desde o princípio, aconteceu o que se esperava, controle total dos visitantes. Entretanto, o sistema defensivo do Valencia, que contou com os brasileiros Aderlan Santos, zagueiro, e Danilo, volante, funcionou bem.

Com Messi em baixa, o Barça até assustou em algumas oportunidades, uma delas com Neymar, que chutou por cima, mas não conseguiu fazer gols no primeiro tempo. A rede balançou apenas aos 14 minutos da etapa final, quando o argentino lançou por baixo e, impedido, Suárez invadiu a área e superou o goleiro Domenech.

Como de costume, o time catalão não se sentou na vantagem e continuou atacando. No entanto, desta vez, o adversário conseguiu encaixar um contra-ataque e empatar. Aos 41, Alcácer foi lançado, controlou bem a bola e fez o pivô para Santi Mina chegar batendo e estufar a rede.

Também neste sábado, o Atlético foi ao estádio Los Cármenes e venceu o Granada por 2 a 0. Godín marcou o primeiro, aos 20 minutos da etapa inicial, e Griezmann aumentou a vantagem, aos 31 do segundo tempo.

Já o Real Madrid, terceiro colocado, com 30 pontos, goleou o Getafe por 4 a 1 no Santiago Bernabéu. Benzema marcou dois gols, enquanto Bale e Cristiano Ronaldo assinalaram um cada. Alexis foi quem fez o de honra dos visitantes.