Vasco ou Flamengo? Relembre 5 jogos inesquecíveis do Clássico dos Milhões

  • Por Guilherme Semerene/Jovem Pan
  • 18/03/2015 12h00
Montagem Vasco x Flamengo

Domingo tem o grande clássico entre Flamengo e Vasco, pela 11ª rodada do Carioca, no Maracanã, às 18h30. Com três pontos a menos que o cruz-maltino, se vencer, o rubro-negro pode empatar com o seu maior rival na liderança do campeonato e ainda acabar com a invencibilidade do Gigante da Colina na competição.

Para homenagear o derbi separamos cinco partidas inesquecíveis entre os rivais.

Flamengo 1×0 Vasco – Rondinelli faz gol do título do Mengão aos 43´ (1978)
O empate sem gols dava o título de campeão carioca daquele ano ao Vasco, que cozinhava o jogo, esperando o final. Porém, restando três minutos para o final, na falha de marcação da defesa vascaína, Rondinelli subiu sozinho e cabeceou no ângulo de Leão.

Vasco 1×0 Flamengo – O reserva Cocada dá o título ao Vasco (1988)
Em um duelo recheado de jovens como Romário pelo Vasco e Bebeto pelo Flamengo, o lateral-esquerdo reserva do cruz-maltino entrou aos 41 do segundo tempo, marcou o gol da vitória dois minutos depois e foi expulso no minuto final. Cocada, o herói do título carioca de 88.

Vasco 4×1 Flamengo – Show de Edmundo (1997)
Um empate bastava ao Vasco para às quartas de finais do Brasileirão de 97, mas o Animal queria jogo. No ano em que se tornou o maior artilheiro do nacional com 29 gols, Edmundo marcou três rubro-negro e o Vasco goleou o Flamengo.

Chocolate vascaíno (2000)
Dispensado pelo Flamengo, Romário estava de volta ao Vasco após 12 anos. O jogo de estreia era justamente contra o rubro-negro e Romário não se intimidou. Com três gols do baixinha, o Vasco goleou o Flamengo por 5 a 1 em um domingo de páscoa feliz para os cruz-maltinos

Golaço de Petkovic (2001)
O Flamengo precisava vencer por dois gols de diferença, o que não acontecia até os 44 do segundo tempo. Faltando dois para terminar, na cobrança de falta rubro-negra da intermediária, Petkovic bateu com perfeição e colocou a bola no ângulo esquerdo de Elton. 3 a 1 Flamengo e o tricampeonato carioca.