Verdão repudia boatos de favorecimento devido a patrocínios dos árbitros

  • Por Jovem Pan
  • 09/04/2015 17h08
SÃO PAULO,SP,25.03.2015:PALMEIRAS-SÃO-PAULO - O jogador Rafael Tolói do São Paulo é expulso durante partida entre Palmeiras x São Paulo, em partida válida pelo Campeonato Paulista 2015, no estádio Arena Palmeiras em São Paulo, SP, nesta quarta-feira (25). (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress) Folhapress Palmeiras domina São Paulo e vence clássico; veja imagens

A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF) anunciou, por meio da Federação Paulista de Futebol (FPF), que foram fechados patrocínios pontuais com a Crefisa e a Faculdade das Américas (FAM) para a arbitragem na fase de mata-mata do Campeonato Paulista. Após a divulgação da notícia, o Palmeiras, clube que tem os mesmos patrocinadores, divulgou uma nota oficial em seu site repudiando algumas especulações de favorecimento no torneio e de um possível conflito de interesses.

O Verdão frisa no comunicado que “’ualquer ilação que se faça entre o negócio e um eventual favorecimento ao Palmeiras no campeonato é um desrespeito inaceitável ao nosso clube, aos nossos jogadores, à Federação Paulista de Futebol, à Crefisa, à FAM e aos torcedores”.

Confira, na íntegra, a nota divulgada pelo Palmeiras nesta quinta (9):

Com relação ao patrocínio da Crefisa e da Faculdade das Américas – FAM no uniforme dos árbitros nas finais do Campeonato Paulista, a Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público para manifestar o seguinte:

1)   Respeitamos o direito dos nossos parceiros de promoverem acordos comerciais e de patrocínios com quaisquer entidades do seu interesse, sejam elas esportivas ou não.

2)   Qualquer ilação que se faça entre o negócio e um eventual favorecimento ao Palmeiras no campeonato é um desrespeito inaceitável ao nosso clube, aos nossos jogadores, à Federação Paulista de Futebol, à Crefisa, à FAM e aos torcedores.