Vettel lidera e Bottas tem bom desempenho no primeiro teste da F-1 em 2017

  • Por Estadão Conteúdo
  • 27/02/2017 10h32
SA011. SAO PAULO (BRASIL), 11/11/2016.- El piloto alemán Sebastian Vettel, de la escudería Ferrari, participa hoy, viernes 11 de noviembre de 2016, en la segunda práctica libre en el autódromo de Interlagos como preparación para el Gran Premio de Fórmula Uno de Brasil que se celebrará el próximo 13 de noviembre en la ciudad de Sao Paulo (Brasil). EFE/ SEBASTIÃO MOREIRASebastian Vettel

A temporada 2017 da Fórmula 1 viveu seus movimentos iniciais nesta segunda-feira pela manhã. No Circuito da Catalunha, em Montmeló, na Espanha, os pilotos foram à pista pela primeira vez no ano para o primeiro teste, e quem saiu na frente foi o alemão Sebastian Vettel, dono do melhor tempo do dia.

Vettel fez a melhor volta do teste em 1min22s791 com sua Ferrari. O alemão completou 62 voltas com pneus médios e foi quem mostrou melhor adaptação ao novo regulamento técnico para 2017, que trouxe mudanças com o objetivo de, entre outras coisas, deixar os carros com maior aerodinâmica e aderência na pista. Para isso, as asas e pneus traseiros são mais largos.

Mas se Vettel terminou como o mais rápido do dia, Valtteri Bottas foi o principal destaque. Pilotando pela primeira vez com a Mercedes, o finlandês substituto do campeão mundial Nico Rosberg foi quem mais completou voltas, 79, e conseguiu o segundo melhor tempo: 1min23s169.

A terceira colocação do dia ficou com Sergio Pérez, da Force India. O mexicano completou sua volta mais rápida em 1min23s709 e percorreu o percurso do Circuito da Catalunha 39 vezes.

Depois de anunciar a aposentadoria e voltar atrás, justamente por conta da saída de Valtteri Bottas para a Mercedes, o brasileiro Felipe Massa foi o quarto mais rápido no primeiro teste da Fórmula 1 em 2017. O piloto da Williams também completou 39 voltas nesta segunda e conseguiu a marca de 1min25s552.

Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, foi o quinto mais veloz do dia, enquanto Nico Hulkenberg, da Renault, terminou como sexto. Kevin Magnussen, da Haas, foi o sétimo, mas completou somente 15 voltas porque travou os pneus de seu carro, rodou e bateu na barreira de pneus. A oitava posição ficou com Marcus Ericsson, da Sauber.

Duas equipes enfrentaram dificuldades em seus primeiros testes com o novo regulamento técnico. A Red Bull de Daniel Ricciardo sofreu uma pane em um sensor, o que obrigou o piloto australiano a abandonar a atividade após completar somente quatro voltas, tendo 1min28s712 como melhor tempo.

Já a McLaren seguiu dando dor de cabeça a seus torcedores, como vem acontecendo nos últimos anos. O espanhol Fernando Alonso sequer conseguiu marcar tempo nesta segunda-feira, após completar somente uma volta na pista. Isso porque seu carro sofreu com problema de lubrificação e precisou voltar aos boxes

Esta foi a primeira das duas atividades marcadas para esta segunda-feira no Circuito da Catalunha. No total, serão oito dias de testes, divididos entre duas sequências de quatro dias nesta e na próxima semanas. A temporada 2017 da Fórmula 1 começa oficialmente com o GP da Austrália, agendado para o dia 26 de março.