Villarreal diz ter identificado torcedor que jogou banana para Daniel Alves

  • Por Agência EFE
  • 28/04/2014 14h38

Daniel AlvesDaniel Alves em partida contra o Villarreal

O Villarreal emitiu um comunicado nesta segunda-feira em que afirma ter identificado o torcedor que jogou uma banana em direção ao lateral direito brasileiro Daniel Alves, e que o acusado já foi punido com a proibição de entrar novamente no estádio El Madrigal.

“Graças às forças de segurança e à inestimável colaboração da exemplar torcida amarela, o clube já identificou o autor”, divulgou o clube da primeira divisão do Campeonato Espanhol.

O responsável pelo ato racista não teve o nome revelado, mas segundo o Villarreal se trata de um sócio do clube. No comunicado, houve nova condenação ao que aconteceu no estádio El Madrigal, durante a vitória do Barcelona por 3 a 2 sobre os donos da casa.

Ontem, aos 31 minutos do segundo tempo, quando se posicionou para cobrar escanteio, Daniel Alves avistou uma banana no gramado, e resolveu responder comendo a fruta, o que gerou grande repercussão nas redes sociais. Desde então, o jogador recebeu inúmeras manifestações de apoio, inclusive da presidente Dilma Rousseff.

Confira o comunicado do Villarreal na íntegra: 

O Villarreal CF quer comunicar que lamenta e repudia profundamente o incidente ocorrido ontem (domingo) na partida contra o Barcelona quando um torcedor jogou um objeto sobre o campo de jogo do El Madrigal. Graças às forças de segurança e à inestimável colaboração da exemplar torcida amarela, o clube identificou o autor e decidiu retirar o carnê e proibir o acesso ao estádio por toda a vida. 

Assim mesmo, o Villarreal volta a manifestar sua firme vocação para o respeito, a igualdade, a esportividade e o jogo limpo tanto dentro quanto fora de campo e mostra seu absoluto repúdio a qualquer ato que vá contra esses princípios ditos, como a violência, a discriminação, o racismo e a xenofobia.