Vilson pede desculpas após agressão em treino do Corinthians

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/10/2016 17h11
SP - FUTEBOL/CORINTHIANS/TREINO - ESPORTES - Marciel e Vilson durante o treino do Corinthians realizado no CT Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo, nesta terça-feira. A equipe se prepara para a partida contra o time do Santa Cruz, pelo Campeonato Brasileiro. 11/10/2016 - Foto: MAURO HORITA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOVilson e Marciel conversam após a agressão do zagueiro sobre o volante

O zagueiro Vilson veio a público pedir desculpas pelo soco que acertou no volante Marciel, nesta terça-feira, durante o último treino do Corinthians antes da partida contra o Santa Cruz, nesta quarta, na Arena Pantanal, em Cuiabá. “Estou muito envergonhado, estou muito triste pelo que aconteceu”, lamentou o defensor, em vídeo publicado nas redes sociais.

Vilson acertou o soco no rosto de Marciel após se irritar com o volante, em razão de uma disputa de bola. Após a agressão, Marciel ficou caído e os jogadores mais experientes do clube tentaram amenizar a situação. Cristian reuniu os dois atletas e tentou descontrair o clima. No fim do treino, os atletas deixaram o local juntos. 

“Isso não é da minha índole, agredir companheiro ou mesmo adversário. Quero pedir desculpas ao Marciel. Já havia feito isso durante o treino e venho através desse vídeo pedir desculpas a você, Marciel, mais uma vez. Mesmo não estando em um dia legal, nada justifica o que eu fiz. Quero pedir desculpas à diretoria, à comissão técnica e aos corintianos”, disse Vilson.

A agressão foi reprovada pelos companheiros de time e também pelo técnico interino Fábio Carille. “Não aceitamos esse tipo de comportamento e atitude e resolvemos com o atleta. Ninguém esperava por isso porque o Vilson é de índole boa, muito positivo no grupo. Já conversamos com ele. O Vilson estava muito chateado, disse que foi uma situação de momento”, disse o técnico.

Carille rejeitou punir o jogador pela agressão no treino. “Não tem outra forma de punição no momento. Muitas vezes uma conversa é pior que um tapa ou tirar dinheiro, essa é minha forma de pensar. Eu não esperava isso dele. Conversei, ele está chateado, pediu desculpas para a comissão e para o Marciel. Essas coisas não podemos aceitar”, declarou.

Após o treino, Vilson não foi incluído na lista de relacionados para o jogo desta quarta. Mas isso não se deve à agressão. O zagueiro está voltando de lesão e ainda está sem ritmo de jogo. Carille relacionou os zagueiros Pedro Henrique, Balbuena e Léo Santos.

O treinador interino deve escalar o Corinthians nesta quarta com: Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marlone; Guilherme.

Confira o vídeo publicado pelo zagueiro pedindo desculpas para Marciel:

Do fundo do coração desculpas @marcielsilva22

Um vídeo publicado por Vilson (@vilson88oficial) em