Vitória bate o pé, mas São Paulo mantém confiança por atacante Rogério

  • Por Lancepress
  • 10/08/2015 22h05
O atacante do Vitória é um dos alvos do Tricolor Paulista para reforçar seu ataque

Apesar da relutância do Vitória em liberar um de seus destaques na Série B do Campeonato Brasileiro, Rogério deve mesmo reforçar o São Paulo nos próximos dias. O atacante, emprestado pelo Náutico, foi aprovado nas análises da comissão técnica tricolor e deve fortalecer o setor que perdeu Cafu e Ewandro recentemente.

Juan Carlos Osorio e seus pares enxergam o atleta, natural de Pesqueira no interior de Pernambuco, como uma opção interessante por ser veloz e ter razoável poder de finalização. Nesta temporada, por exemplo, foram dez gols marcados com a camisa do time baiano.

Na leitura da comissão, apenas o recém-chegado Wilder Guisao tem características reais de um atleta de velocidade e explosão. Ricardo Centurión, por exemplo, é visto como um jogador rápido com a bola nos pés, mas sem perfil para receber lançamentos longos. Além de Rogério e Wilder, o lateral-direito Auro pode ser testado assim.

O contrato de Rogério com o Vitória termina em dezembro, enquanto o vínculo com o Náutico acaba somente no fim de 2016. Para que a negociação seja concretizada, o time baiano espera que as cláusulas do empréstimo sejam respeitadas pelo Timbu. A expectativa, porém, é que os entraves sejam superados rapidamente.

Quando despontou pelo Náutico em 2011, os lances de habilidade e os penteados fizeram com que o apelido de “Neymar do Nordeste” se espalhasse. Sem o mesmo sucesso do craque formado pelo Santos, a alcunha passou a ser tratada de maneira pejorativa. Mas, após temporadas irregulares, o desempenho pelo Vitória em 2015 acabou garantindo uma nova chance na elite do Brasileirão com o Tricolor caso a negociação se concretize, o que deve acontecer em breve.