Você é a favor de torcida única nos clássicos paulistas?

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2016 11h14
organizadas

Uma decisão anunciada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) no fim da tarde da última segunda-feira mexeu com as estruturas do futebol paulista. O órgão definiu que, até 31 de dezembro de 2016, todos os clássicos entre times do estado terão torcida única, independente do campeonato, estádio ou rivalidade. 

A medida foi tomada após a violência entre as facções ficar insustentável, com morte, ferimentos e inúmeros confrontos no último domingo, antes, durante e depois da partida entre Palmeiras e Corinthians, no Pacaembu. 

Alguma coisa deveria ter sido feita, isso é inegável. Mas será que proibir o acesso de torcedores visitantes aos jogos mais esperados pelos principais clubes de São Paulo resolverá o problema da violência? Até mesmo nos clássicos, confrontos entre torcidas rivais dentro dos estádios são raros. A maior parte dos enfrentamentos costuma ocorrer longe das arenas, em lugares definidos com antecedência. 

Esta decisão da SSP-SP, então, não prejudicará apenas aos clubes e “torcedores de bem”, que não poderão mais ir aos estádios em clássicos como visitantes? Ou a atitude foi correta, visto que os times geralmente alimentam as organizadas com ingressos, garantindo-lhes praticamente 100% dos lugares em partidas fora de casa contra rivais? A questão é bastante polêmica. 

Você é a favor de torcida única nos clássicos paulistas?

Ouça o programa na íntegra!