Você se lembra dele? Martinez faz estágio no Palmeiras e vai ser técnico

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2016 19h05

Martinez foi campeão paulista com o Palmeiras em 2008

Martinez foi campeão paulista com o Palmeiras em 2008

O torcedor palmeirense que escalar o último time alviverde campeão paulista vai certamente se lembrar de Martinez, volante titular da equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo no Estadual de 2008. Mas… Você sabe por onde ele anda? Foi este questionamento que o repórter Fredy Júnior respondeu em matéria especial que vai ao ar no próximo Plantão de Sábado, da Rádio Jovem Pan. 

Martinez, que foi campeão paulista com o Palmeiras após vitória sobre a Ponte Preta na final, já se aposentou e está perto de começar a escrever um novo capítulo na carreira. O ex-volante parou de jogar no ano retrasado, no Criciúma, ainda aos 34 anos de idade. 

“Foi mais uma opção, mesmo. Acredito que, pelo meu biótipo, poderia ter jogado mais uns dois, três anos facilmente. Mas foi uma decisão que eu tomei e da qual não me arrependo. Procurei virar a página. Estou fazendo curso de treinador na CBF, fiz um estágio no Palmeiras e estou na fase final de entregar todos os trabalhos para conseguir esse certificado de técnico”, revelou.

 

O ex-jogador, então, está bastante convicto e animado para começar a trabalhar como treinador. Como ele mesmo contou, até um estágio no clube alviverde foi realizado recentemente. “Foi muito bom poder voltar ao Palmeiras, rever alguns amigos que ainda estão por lá… E adquiri um conhecimento maior, né?”, afirmou. 

“Sempre estive do lado dos jogadores, com o pensamento de um atleta, e, agora, a mentalidade muda um pouco… Vou ter de olhar por 30 jogadores. Quando era jogador, entrava em campo e podia decidir. Agora, não: terei de controlar um elenco. É uma visão diferente, mas com a qual eu sempre tive contato”, acrescentou. 

Martinez acredita que até junho já terá o certificado da CBF em mãos para começar a trabalhar à frente dos bancos de reservas. O ex-jogador pretende analisar com carinho qualquer proposta que receber, seja de times profissionais ou de base, e admite: vai se inspirar nos grandes treinadores com os quais trabalhou quando ainda era atleta profissional. 

“Eu trabalhei com grandes treinadores, como Oswaldo de Oliveira, Vanderlei Luxemburgo, Carlos Alberto Parreira… Então, é óbvio que guardei comigo algumas características de cada um deles, aquelas que maime agradaram”, disse. “Todo mundo gosta de ver um futebol bem jogado, com toque de bola… Óbvio que terei atenção com a marcação, mas, até pelo meu estilo como jogador, as minhas equipe vão prezar a posse de bola”, prometeu.