Volante palmeirense ignora “maratona” para estrear na Copa do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 11/03/2014 08h11
O jogador França da S.E. Palmeiras concede entrevista coletiva antes do treinamento na Academia de Futebol, no bairro da Barra Funda. São Paulo/SP, Brasil - 10/03/2014. Foto: Cesar Greco / FotoarenaFrança pede vitória palmeirense em estreia na Copa do Brasil

O Palmeiras estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (12), diante do Vilhena-RO, fora de casa. A grande preocupação da equipe paulista é longa viagem que o Verdão terá que enfrentar para chegar ao local da partida. O aeroporto da cidade de Vilhena está fechado pela ANAC e o alviverde pode ter que pegar um avião para Cuiabá e depois seguir de ônibus ao destino final. Os prováveis obstáculos, no entanto, não preocupam o volante França, que não escondeu que o objetivo da equipe de Gilson Kleina é vencer por dois gols ou mais de diferença e eliminar o jogo de volta.

A Rádio Jovem Pan Transmite todas as emoções da partida Vilhena x Palmeiras, válida pela Copa do Brasil, com narração de José Manoel de Barros, reportagem de Fredy Junior e comentários de Claudio Carsughi.  Intervalo e Fim de Jogo fica por conta de Oliveira Andrade. Vander Luiz comanda o plantão esportivo. O Jovem Pan Online também transmite todas as emoções minuto a minuto da partida. Para acompanhar o jogo, entre em www.jovempan.com.br a partir das 19h30.

Além da preocupação com a viagem, o time paulista pode ter que encarar um gramado em péssimas condições no estádio Portal da Amazônia. Nada disso deve servir de desculpa para o Palmeiras, na opinião de França. “Não conheço o time deles, cheguei agora ao Brasil. Nesta semana o treinador vai nos passar alguma coisa. Quanto ao campo, o que jogamos no domingo (contra o Paulista) não era dos melhores. Conseguimos jogar, não nos machucamos, demos sorte. Dificuldade todo mundo tem, se tivermos de ir de ônibus a Vilhena não tem importância. Temos que chegar lá e fazer o nosso jogo para sair com a vitória”, disse.

Para a estreia na competição nacional, o técnico Gilson Kleina terá o retorno de Alan Kardec, Wendel, Juninho, Valdívia e Lúcio que não atuaram diante do Paulista. Wesley, lesionado, fica de fora da lista de relacionados. Para aliviar o calendário, o Verdão quer bater o time de Rondônia por dois ou mais gols, placar que eliminaria a necessidade de um jogo de volta. “Vamos forte para Vilhena para tentar eliminar o jogo de volta e ficar mais tranquilo para as fases finais do Paulista. Estamos conversando, o Kleina vem nos falando (da importância de terminar a primeira fase na liderança). Palmeiras e Santos fazem um campeonato à parte até o fim da primeira fase. Queremos nos classificar em primeiro e vamos tentar”, acrescentou o volante.

Depois de enfrentar o time do norte do país, o Palmeiras já tem um compromisso no próximo sábado (15), diante da Ponte Preta, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. No estadual, o Verdão já está classificado para as quartas-de-final do torneio, mas ainda briga pela melhor campanha da competição com o Santos.