Volta de craques e clima de rivalidade esquentam semifinais da Copa do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 26/10/2015 20h15
Robinho e Alan Kardec reforçam Palmeiras e São Paulo na busca por reverter a desvantagem na semifinal

Os dois finalistas da Copa do Brasil de 2015 serão conhecidos nesta quarta-feira (28) nos confrontos de volta da semifinal. Palmeiras e Fluminense duelam no Allianz Parque com vantagem carioca, enquanto o Santos recebe o São Paulo com um pé na decisão.

Enquanto os duelos não acontecem, o Jovem Pan Online preparou uma prévia mostrando as possibilidades de cada equipe e suas últimas notícias e antecipando o clima que rondará o Brasil, especialmente São Paulo e Rio de Janeiro, nesta quarta-feira.

Palmeiras x Fluminense

Jogo de ida: Fluminense 2 x 1 Palmeiras

A situação

Para chegar à final, o Palmeiras precisa vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença caso o Flu marque um ou mais. Ou seja: se o time carioca marcar dois gols, o Verdão precisará vence por 4 a 2. Qualquer empate dá a classificação ao tricolor carioca.

Promessa de jogo quente

Por ser uma semifinal de Copa do Brasil, o confronto entre Palmeiras e Fluminense já tinha motivos o bastante para ser quente. Mas, para completar, logo após o jogo de ida, no Maracanã, o presidente tricolor Peter Siemsen fez fortes declarações ao criticar a arbitragem por conta do pênalti marcado sobre Zé Roberto que deu ao Verdão a chance de diminuir sua desvantagem. Na ocasião, Siemsen disse que o lance foi “escandaloso” e “sem explicação” e pediu a renúncia de Sérgio Correia, chefe da comissão de arbitragem da CBF.

O presidente do Fluminense então pregou: “tenho certeza que cada jogador hoje está mexido por dentro. Vamos dar a vida em São Paulo por essa vaga”. Lucas, lateral-direito do Palmeiras, rebateu o mandatário na segunda-feira dizendo que as declarações foram para influenciar o jogo de volta nesta quarta. Toda essa situação deixa a disputa ainda mais apimentada.

Má fase do Palmeiras

O Palmeiras perdeu para o Sport na última rodada do Campeonato Brasileiro e ouviu vaias e reclamações por parte de sua torcida, que gritou que vencer a Copa do Brasil é “obrigação”. É com esse peso sobre os ombros que os jogadores alviverdes entrarão em campo tentando reverter a vantagem do Fluminense. Mesmo assim, o clube tem reiterado a importância de ter seu torcedor apoiando a equipe e fez questão de marcar o jogo no Allianz Parque.

A volta dos que fazem falta

Mesmo sem ter marcado gols, Fred foi decisivo para a vitória do Fluminense no jogo de ida e infernizou a defesa palmeirense até sair de campo, contundido, no fim do primeiro tempo. Recuperado da torção no joelho sofrida na semana anterior, é bastante provável que o camisa 9 entre em campo no Allianz Parque.

Mas se a equipe carioca conta com a volta de uma peça importante, o mesmo pode ser falado do Palmeiras. O clube anunciou o retorno dos meias Robinho e Cleiton Xavier aos treinamentos no começo da semana e ambos devem ser reforços para Marcelo Oliveira. A importância dos dois é ainda mais por poderem ajudar a melhorar a ligação da defesa com o ataque, maior problema do time nos últimos jogos.

Santos x São Paulo

Jogo de ida: São Paulo 1 x 3 Santos

A situação

A vantagem construída no Morumbi deixa o Santos em situação confortável, podendo perder por até um gol de diferença ou por 2 a 0 para se classificar. Para o São Paulo, é preciso uma vitória por três ou mais gols de vantagem ou por 4 a 2 para cima.

Vantagem quase irreversível

O São Paulo tem de conseguir um feito heróico e bem pouco provável para chegar à final da Copa do Brasil. Antes do primeiro confronto, a preocupação no Tricolor era fazer um bom resultado para ir à Vila Belmiro, na volta, com vantagem suficiente para superar o adversário, que é muito forte dentro de seu estádio. No entanto, aconteceu o contrário: vitória do Peixe por 3 a 1. Agora, o time de Doriva terá não apenas de interromper a série de 13 vitórias seguidas do Santos em casa, mas também vencer por uma boa diferença de gols.

Primeira vitória com Doriva e “reforço” no São Paulo

O que pode animar o elenco são-paulino para o clássico é a vitória sobre o Coritiba no final de semana pelo Campeonato Brasileiro, a primeira do clube sob o comando técnico de Doriva. Além disso, Alexandre Pato, autor de um dos gols, mostrou estar em boa fase, e Alan Kardec, autor de outro, parece estar em forma depois de passar meses fora por contusão.

Santos pinta como favorito ao título

A vitória no Morumbi só confirmou o bom momento do Santos na temporada e ratificou aquilo que muitos já pensavam antes do começo das semifinais: que o time de Dorival Júnior é o favorito ao título. Além dos resultados positivos, a equipe tem apresentado o futebol mais consistente entre os quatro semifinalistas e tem uma invencibilidade de 13 partidas jogando na Vila Belmiro. Esses e outros fatores (como a qualidade individual de Lucas Lima e Ricardo Oliveira, jogadores de Seleção Brasileira) colocam o Peixe como o principal candidato a levantar a taça da Copa do Brasil.