Wanderlei Silva é multado e banido pela Comissão Atlética de Nevada

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2014 21h02

Lenda do MMA colocou HendersonCom futuro indefinido

Depois de anunciar a sua aposentadoria do MMA, na última sexta-feira (19), o brasileiro Wanderlei Silva foi multado em US$ 70 mil (R$ 161 mil) e foi banido de competir em Las Vegas. A punição foi imposta pela Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC), pois o ex-lutador se recusou a passar pelos testes antidoping surpresa, no último mês de maio, quando Wanderlei estava escalado para enfrentar o norte-americano Chael Sonnen.

A luta contra Sonnen estava marcada para o UFC 175, que foi realizado em julho de 2014, mas o brasileiro, sem condições físicas, se recusou a participar do combate e desistiu.

Na última sexta, Wanderlei Silva divulgou um vídeo em seu canal oficial no Youtube no qual anuncia sua retirada dos octógonos, já que seu corpo não aguenta mais, e detonou a organização do UFC, frisando que a entidade não tem respeito pelos atletas.

A última luta de Wanderlei Silva no UFC foi no dia 2 de março de 2013, quando venceu por nocaute o norte-americano Brian Stann, no segundo round de combate. O evento foi realizado em Saitama, no Japão.