Wanderlei Silva se diz surpreso por corte e garante que fará exames

  • Por Jovem Pan
  • 30/05/2014 18h06

Lutador não fez exames de antidoping pedidos pela Comissão Atlética de Nevada e foi substituído por Vitor Belfort na luta contra Chael Sonnen

Wanderlei Silva se diz surpreso por corte e garante que fará exames

O mundo do MMA foi pego de surpresa quando o UFC anunciou que Wanderlei Silva havia faltado aos exames exigidos pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC) e que estaria fora da luta contra Chael Sonnen, na edição 175, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas. Nesta sexta-feira, o brasileiro se explicou em um vídeo, dizendo que não sabia do exame. O “Cachorro Louco” garantiu que irá fazer todos os exames para provar que está limpo e pretende fazer a luta acontecer, apesar de Vitor Belfort ter sido anunciado como substituto.

“No sábado eu estava na minha academia e chegou um senhor falando que assinar um monte de papéis em inglês. Ele não mostrou nenhuma identificação e não disse quem era. Eu afirmei que não iria assinar os documentos, pois não dominava o inglês e só o faria na presença do meu advogado. Depois disso eu saí, porque eu tinha outros compromissos em Las Vegas, no dia da luta do Barão”, explicou-se.

Com 20 anos de carreira e um cartel com mais de 50 lutas, o campeão do extinto evento Pride afirmou que nunca deixou de realizar os exames prévios antes dos combates. Ele informou que irá procurar a comissão quando retornar aos Estados Unidos, já que está no Brasil para acompanhar a final do TUF 3, no qual foi treinador, que acontece neste fim de semana, em São Paulo.

“Gente, eu tenho 20 anos de carreira e 50 lutas profissionais, eu jamais deixei de fazer um exame e de tirar uma licença em lutas profissionais. E, como a luta seria aqui em Vegas, no dia 5 de julho, ainda falta um mês para o combate. Eu estava planejando fazer todo esse trâmite quando voltasse do Brasil, pois eu estou indo hoje para a final do TUF. Assim que eu voltar do Brasil, eu vou procurar a Comissão Atlética para realizar todos os exames de sangue e de urina e tudo o que eles precisarem”.

Wand ainda revela o desejo de fazer a luta contra o falastrão norte-americano, enfatizando que esse é o combate que ele mais quis fazer na sua carreira. “Essa é a luta que eu mais desejo fazer na minha vida. Eu vou fazer de tudo para que ela se realize e que isso tudo vai se solucionar e resolver para que em 5 de julho eu possa estar para dar esse grande espetáculo para vocês e meus amigos que estão comigo, para mostrar essa força e garra para conseguir essa vitória para vocês”, finalizou.

Veja o vídeo na íntegra: