Warriors, de Leandrinho, seguem imbatíveis e passam pelos Rockets

  • Por Agencia EFE
  • 22/01/2015 07h28

Equipe de Leandrinho só não tem campanha melhor do que o Atlanta Hawks

Warriors

O Golden State Warriors, do brasileiro Leandrinho, venceu nesta quarta-feira, o Houston Rockets, por 126 a 113, ampliando o recorde da franquia com o 17º triunfo consecutivo na ORACLE Arena de Oakland, e se mantendo como a melhor equipe de liga.

O cestinha dos Warriors foi Klay Thompson, com 27 pontos, além de cinco assistências. Stephen Curry, que se envolveu em uma confusão com Trevor Ariza no terceiro quarto, conseguiu um double-double, com 22 pontos e dez assistências.

Draymond Green contribuiu com 18 pontos e Harrison Barnes acrescentou 11. Andrew Bogut foi o principal nome na área pintada com dez rebotes, oito deles defensivos, e nove pontos. Leandrinho jogou por quase 13 minutos e anotou seis pontos e dois rebotes.

Pelos Rockets o cestinha foi James Harden, com 33 pontos. Os reservas Corey Brewer, com 20 pontos, e Jason Terry, com 14, vieram em seguida, enquanto Dwight Howard esteve apagado, com apenas sete pontos e 11 rebotes.

Os Warriors, com a marca de 34-6, se mantêm no topo da Conferência Oeste, com 4,5 jogos de vantagem sobre o Portland Trail Blazers (31-12). Já o Houston (29-14) está na sexta colocação da conferência, 6,5 jogos atrás do Golden State.

As equipes voltam a jogar na sexta-feira. Os Rockets vão até Phoenix encarar os Suns, enquanto os Warriors recebem seus rivais californianos do Sacramento Kings.

Em Washington, os Wizards foram surpreendidos pelo Oklahoma City Thunder, e acabaram derrotados após um tempo de prorrogação, por 105 a 103. O time de Nenê fez um ótimo primeiro tempo, chegando ao terceiro quarto com uma vantagem de 12 pontos, mas deixou o Thunder se recuperar e levar o jogo para a prorrogação, em uma grande noite de Kevin Durant e Russell Westbrook.

Durant foi o cestinha da partida com 34 pontos, enquanto Westbrook chegou aos 32. Ambos também foram responsáveis por todos os 13 pontos da equipe no tempo extra. Outro destaque foi o pivô neozelandês Steven Adams, que pegou 20 rebotes, 16 defensivos.

Pelo time da casa, quem brilhou foi Nenê, cestinha da equipe com 24 pontos, incluídos nove dos 11 pontos da equipe na prorrogação. John Wall conseguiu um double-double de 18 pontos e 13 assistências, enquanto Bradley Beal e Paul Pierce marcaram 14 pontos cada um.

Mesmo com a derrota, os Wizards seguem na segunda colocação da Conferência Leste, com a marca de 29-14, seis jogos atrás do Atlanta Hawks (35-8). Seu próximo compromisso será no sábado, em Portland contra os Blazers.

Já o Oklahoma City está na nona posição do Oeste, com a marca de 22-20, e tenta entrar no grupo dos oito melhores que vão para os playoffs, com três jogos de desvantagem para o Phoenix Suns (26-18). O próximo desafio do Thunder será deter, na sexta-feira, os Hawks em Atlanta, que têm a segunda melhor campanha da liga e estão invictos há 14 partidas.

Em Cleveland, os Cavs ampliaram sua sequência de vitórias e bateram o Utah Jazz, por 106 a 92. LeBron James, com 26 pontos, e Kevin Love, com um double-double de 19 pontos e 13 rebotes foram os principais destaques do time de Ohio.

Kyre Irving, com 18 pontos, Timofey Mozgov, com um double-double de 16 pontos e 11 rebotes. e J.R. Smith, com 15 pontos, completaram a lista de jogadores com números de dois dígitos. O Cleveland somou seu quarto triunfo seguido e ocupa a quinta posição do Leste com a marca de 23-20, quatro jogos atrás do Chicago Bulls (27-16). A equipe recebe o Charlotte Hornets na sexta-feira.

Já o Jazz sofreu a 28ª derrota da temporada e segue entre os piores times da liga. O turco Enes Kanter foi o principal nome da equipe com 24 pontos e 17 rebotes. O quadro de Salt Lake City vai até Milwaukee encarar os Bucks nesta quinta-feira.