Westbrook consegue 41º “triple-double” na temporada e iguala recorde de Robertson

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/04/2017 09h39

Westbrook alcançou o recorde histórico de 41 "triple-doubles" numa única temporada

Westbrook alcançou o recorde histórico de 41 "triple-doubles" numa única temporada

A rodada de terça-feira da NBA foi histórica graças a Russel Westbrook. O astro igualou o recorde de Oscar Robertson de mais “triple-doubles” em uma temporada ao alcançar o seu 41º na vitória do Oklahoma City Thunder sobre o Milwaukee Bucks por 110 a 79, em casa. 

O astro atingiu dois dígitos em três fundamentos com uma assistência para Taj Gibson a 9min17 do fim do terceiro quarto. Os torcedores do Thunder se colocaram de pé para gritar “MVP” durante um longo período. Westbrook, emocionado, agradeceu ao público. 

Westbrook terminou o jogo com 12 pontos, 13 rebotes e 13 assistências. Robertson atingiu o recorde na temporada 1961/1962, e Westbrook pode eclipsá-lo já nesta quarta-feira, diante do Memphis Grizzlies, fora de casa. Além disso, Westbrook empatou com Wilt Chamberlain no quarto lugar da lista histórica de “triple-doubles”, com 78, na sua carreira. 

Westbrook foi ao intervalo com 12 pontos, oito rebotes e oito assistências, sendo vital para que o Thunder abrisse 63 a 39, placar alcançado com uma cesta de três pontos dele. Enes Kanter anotou 17 pontos pelo Thunder, que conseguiu a sua vitória por maior vantagem nesta temporada e está em sexto lugar na Conferência Oeste. 

Michael Beasley anotou 14 pontos e Giannis Antetokounmpo acumulou 11 pontos e dez rebotes pelo Bucks, o quinto colocado do Leste. 

LEBRON BRILHA EM TRIUNFO DOS CAVALIERS – Com o segundo “triple-double” consecutivo e o 12º nesta temporada de LeBron James, o Cleveland Cavaliers se mostrou pronto para o duelo desta quarta-feira com o Boston Celtics, que valerá a liderança da Conferência Leste, ao superar o Orlando Magic por 122 a 102, em casa. 

LeBron fechou a noite com 18 pontos, 11 rebotes e 11 assistências. Kevin Love marcou 28 pontos para os Cavaliers, que converteu 18 arremessos de três, sendo nove no terceiro período, quando o time marcou 43 pontos. Kyrie Irving contabilizou 24 pontos e J.R. Smith somou 19. 

Esta foi a terceira vitória consecutiva dos Cavaliers, empatado na ponta da sua conferência com os Celtics. Evan Fournier somou 21 pontos pelo Magic, que perdeu as últimas cinco partidas. 

WARRIORS MANTÉM EMBALO COM SHOW DE THOMPSON – O Golden State Warriors conquistou a 12ª vitória consecutiva no campeonato ao superar o Minnesota Timberwolves, em casa, por 121 a 107, com 41 pontos de Klay Thompson, que pela décima vez na sua carreira fechou um jogo com ao menos 40 pontos anotados. 

Stephen Curry acumulou 19 pontos e nove assistências e Matt Barnes somou 12 pontos, seis rebotes e quatro assistências para os Warriors, agora com 64 vitórias e muito próximo de assegurar a melhor campanha da Conferência Oeste e da NBA na temporada regular. Andrew Wiggins anotou 24 pontos pelo Timberwolves, já sem chance de classificação aos playoffs. 

OUTROS JOGOS – Em segundo lugar no Oeste, o San Antonio Spurs chegou aos 60 triunfos na temporada ao superar o Memphis Grizzlies por 95 a 89, como mandante, em duelo definido apenas na prorrogação. LaMarcus Aldridge fez a cesta que levou o duelo para o tempo extra a 1s6 do fim do quarto período, mas o principal destaque do time foi Kawhi Leonard, com 32 pontos e 12 rebotes. 

Zach Randolph fechou a partida com 18 pontos e 16 rebotes pelos Grizzlies, que está em sétimo lugar no Oeste, já classificado aos playoffs. Assim, o confronto entre os times de San Antonio e Memphis pode se repetir na primeira rodada da pós-temporada. 

Com aspirações de ir aos playoffs – está em oitavo lugar no Leste, o Indiana Pacers contou com 35 pontos de Paul George, sendo 18 no terceiro quarto, para superar o Toronto Raptors por 108 a 90, em casa. Assim, o time de Indianápolis encerrou uma série de quatro derrotas, o que o levou a despencar da quinta posição da sua conferência para o risco de ficar fora da pós-temporada. 

Já classificado e em terceiro lugar no Leste, os Raptors contaram com 27 pontos de DeMar DeRozan e dez pontos e dez rebotes de Jonas Valanciunas. Já o brasileiro Lucas Bebê passou em branco no confronto. 

Em duelo entre dois dos piores times da NBA, o Brooklyn Nets marcou 81 pontos no primeiro tempo e superou o Philadelphia 76ers, fora de casa, por 141 a 118.