Xavi garante querer cumprir contrato e revela que esteve perto da MLS

  • Por Agência EFE
  • 23/12/2014 19h08
Xavi disse que a exigência no Barcelona é "brutal"

Vinculado ao Barcelona até junho de 2016, o meia Xavi Hernández disse em entrevista divulgada nesta terça-feira pelo jornal espanhol Sport que deseja cumprir o contrato, mas revelou que esteve muito perto de uma transferência para o New York Red Bulls no meio deste ano.

Em resposta a uma pergunta sobre a punição ao Barça de não poder reforçar o elenco devido à punição recebida por conta da contratação de jovens de maneira irregular, Xavi, de 34 anos, garantiu que deseja cumprir o acordo.

“Minha intenção é permanecer por mais um ano e cumprir meu contrato aconteça o que acontecer em relação à Corte Arbitral do Esporte (CAS, à qual o Barça recorreu da punição), minha intenção é continuar por mais um ano e cumprir meu contrato. Embora não dependa apenas de mim. Vamos ver como a equipe termina a temporada, e como eu termino a temporada”, disse o meia, terceiro melhor do mundo pela Fifa em 2010 e 2011.

O capitão do time catalão contou que tinha chegado a um acordo verbal e já tinha a decisão tomada e as malas feitas para se mudar para Nova York. Ele inclusive enviou mensagens aos amigos pelo celular para anunciar a notícia.

“Tinha finalizado a temporada um pouco decepcionado por ter sido reserva contra o Atlético de Madrid. Vinha um novo treinador e uma nova equipe e achava que meu ciclo já tinha acabado”, lembra o experiente jogador, que, no entanto, admitiu que ficar foi a melhor escolha.

Depois da Copa do Mundo, Xavi recebeu uma ligação do presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, e outra do técnico Luis Enrique. Os dois garantiram que ele sempre teria um lugar no time. O meia então se reuniu com o treinador e o diretor esportivo, Andoni Zubizarreta.

“(Luis Enrique) Me disse que eu seria um jogador muito útil, que se demonstrasse capacidade, jogaria, que ainda sou competitivo, que deveria pensar bem, que faríamos um bom ano. Ele me convenceu. Foi decisivo. Mudou minha ideia. Até já tinha feito as malas com minha mulher para nos mudarmos para Nova York”, lembrou o camisa 6, que admitiu que teria cometido um erro caso deixasse o Barça.

“A verdade é que agora me dou conta que teria sido uma grande c… sair. Sei que teria sido feliz aonde quer que eu tivesse ido, mas fiz muito bem em ficar”, avaliou.

Xavi ainda reconheceu que o Real Madrid vive grande momento, mas disse que é importante que a equipe catalã conquiste ao menos um título na temporada. “O Barça não pode passar dois anos consecutivos em branco. Acho que pelo menos venceremos um dos (torneios) grandes”, previu.