Zagueiro Alex cria polêmica na França ao comentar homossexualismo no futebol

  • Por Agencia EFE
  • 09/01/2014 12h05

Alex fez declaração polêmica contra homossexuais

Alex fez declaração polêmica contra homossexuais

As declarações do zagueiro Alex, do Paris Saint-Germain, contra os homossexuais, transmitidas em um documentário, criaram polêmica na França, já que o britânico Joey Barton, ex-jogador do Olympique de Marselha, respondeu aos comentários.

“Deus não teria criado Adão e Eva, teria criado Adão e Yves, por exemplo”, afirmou o jogador brasileiro, questionado sobre o homossexualismo em uma reportagem sobre a influência da religião no esporte transmitida na noite de quarta-feira pela rede “Canal Plus”.

A frase foi transmitida poucas horas depois que o alemão Thomas Hitzsperger revelou ser homossexual.

Barton, que no ano passado foi emprestado ao Marselha pelo Queens Park Rangers, atiçou a polêmica no Twitter.

Após afirmar que o gesto de Hitzlsperger é “valente” e lamentar que jogadores tenham que esperar a aposentadoria para “sair do armário”, o britânico culpa os “religiosos fanáticos” que “acreditam em um livro de ficção escrito há mais de 2 mil anos”.

“Para ser religioso extremista antes de mais nada é preciso ser extremamente estúpido na minha opinião. Alex, do Paris Saint-Germain, confirma esta teoria com seus comentários”, acrescenta em outra mensagem Barton.

Não é a primeira vez que Barton se envolve em uma polêmica com um jogador do Paris Saint-Germain.

Em abril, quando atuava no Marselha, chamou o zagueiro brasileiro Thiago Silva de transsexual.

O jogador também teve problemas com David Beckham quando este atuava no Paris Saint-Germain e com o sueco Zlatan Ibrahimovic.