Zé Roberto faz mistério, mas admite possibilidade de parar após a Libertadores

  • Por Agência Estado
  • 27/12/2015 12h17
SÃO PAULO, SP - 30.07.2015: PALMEIRAS X JOINVILLE - Zé Roberto do Palmeiras durante jogo entre Palmeiras x Joinville, válido pela vigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2015 e realizado no Allianz Parque. (Foto: Maurício Rummens /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 986743Titular na vitória sobre o Joinville

Aos 41 anos, Zé Roberto fez uma boa primeira temporada pelo Palmeiras. Tanto que a diretoria o procurou e ambas as partes acertaram a renovação de contrato por mais um ano, até o fim de 2016. Ao fim deste período, o meia e lateral-esquerdo terá 42 anos, idade na qual a maioria dos atletas já se aposentou. Ele mesmo sabe que seu corpo pode não responder mais da forma esperada e, por isso, admite a possibilidade de não cumprir o vínculo e parar antes.

Em entrevista à TV Globo, o jogador afirmou que pode parar após a Libertadores, ou até antes, dependendo de como seu corpo se comportar. “Tenho contrato até o fim do ano e a Libertadores termina no meio do ano. Essa possibilidade existe, como existe a possibilidade de ganhar a Libertadores, de jogar o Brasileiro. Existe também a possibilidade de, ganhando a Libertadores, disputar o Mundial no fim do ano. Então existe muita coisa.”

Mesmo com a idade avançada, Zé Roberto conseguiu se manter em alto nível desde que voltou ao Brasil. Se destacou com a camisa do Grêmio, chegou ao Palmeiras e, mesmo que tenha alternado as boas atuações com algumas não tão convincentes, terminou a temporada em alta, sendo importante para a conquista da Copa do Brasil. Até por isso, existe o desejo de seguir na ativa.

“Quando eu faço um resumo da minha vida e olho para o momento que eu estou vivendo, levantando uma taça, eu posso dizer que a minha história teve um final feliz. Hoje eu posso entrar para a história e fazer parte de um grupo que pode resgatar essa paixão e trazer de volta esse desejo pelo clube. No sentido de finalizar o ano, batendo no peito e dizendo que o Palmeiras é gigante, eu acho que pra mim foi marcante. E eu quero viver esse período aí até… Às vezes eu também acho que não tenho essa idade Bem, primeiro minhas férias, depois, a gente toma uma decisão”, disse.