Zeca nega pênalti, e santistas sugerem favorecimento ao Corinthians

  • Por Lancepress
  • 20/09/2015 14h01
SÃO PAULO, SP. 20.09.2015: CORINTHIANS-SANTOS - Jogadores do Santos reclamam com árbitro Fabio Rodrigues Guerra, durante partida entre Corinthians e Santos, válida pelo Campeonato Brasileiro 2015, na Arena Corinthians, zona leste da capital paulista. (foto: Alan Morici/Frame/Folhapress)Santistas reclamaram do pênalti cometido por Zeca sobre Vagner Love

O pênalti que originou o primeiro gol do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Santos, na manhã deste domingo, em Itaquera, revoltou o elenco praiano. Na saída de campo, praticamente todos os jogadores do Peixe que falaram com a imprensa reclamaram da marcação da falta de Zeca em Vagner Love. O lateral santista negou ter derrubado o atacante corintiano.

“Não fiz o pênalti. O Vagner Love estava na bola. Eu acertei a bola, o Vagner Love se jogou. O assistente viu e deu o pênalti”, afirmou Zeca.

Aos 34 minutos do segundo tempo, quando o placar ainda apontava 0 a 0, Love invadiu a grande área do adversário e acabou derrubado – as imagens da TV mostram o Zeca acertando um chute no corintiano. O árbitro Flavio Rodrigues Guerra, com atraso de alguns segundos, sinalizou pênalti. Após muita reclamação dos jogadores do Peixe, David Braz foi expulso equivocadamente – o juiz entendeu ser o zagueiro o responsável pela falta.

Zeca não foi o único santista a falar sobre o lance. Lucas Lima, um dos mais revoltados com a arbitragem ao longo do clássico, sugeriu um favorecimento dos juízes ao Corinthians ao longo do Campeonato Brasileiro. O Timão lidera a competição com 57 pontos. “Aqui (Itaquera) contra o Corinthians é normal dar as coisas pra eles”, disparou o meia.

Artilheiro do Brasileirão com 17 tentos, Ricardo Olivera analisou a marcação do pênalti. O centroavante santista destacou a indecisão do árbitro e enalteceu a importância do lance para o decorrer da partida. O camisa 9, contudo, reconheceu a atuação inferior do Santos em relação ao Corinthians.

“Deu para ver a segurança com que o árbitro mandou seguir. O árbitro finaliza a jogada e ele volta atrás. Poderíamos ter terminado com outro resultado. Eu acho que o pênalti foi determinante, mostra que eles não estavam vendo a jogada. O juiz está próximo, vê que não é pênalti, o bandeira dá o pênalti. Não fizemos um grande jogo”, comentou.