Acidente com trem na Índia mata ao menos 39 pessoas e deixa 50 feridos

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/01/2017 09h10
Sete vagões do Hirakand Express saíram dos trilhos

Um trem noturno de passageiros descarrilou no sul da Índia, matando pelo menos 39 pessoas e deixando outras 50 feridas, de acordo com o “The Indian Express”. Sete vagões do Hirakand Express saíram dos trilhos, por volta da meia-noite, disse o gerente da Divisão Ferroviária Chandralekha Mukherji. O trem estava viajando entre Jagdalpur no estado de Chhattisgarh para Bhuvaneshawar, em Orissa.

J.P. Misra, o chefe de imprensa da East Coast Railways, disse que muitas pessoas ainda estavam presas. Está em curso uma investigação.

Em novembro, 146 pessoas foram mortas quando um trem de passageiros perto da cidade de Kanpur em Uttar Pradesh protagonizou o acidente de trem mais mortal em pelo menos cinco anos.

O sistema ferroviário indiano é o terceiro maior do mundo, mas é severamente prejudicado pela falta de sistemas modernos de sinalização e comunicação, bem como pela pobre manutenção de trilhos e equipamentos. A sinalização manual ainda é usada, aumentando o risco de erro humano.

De acordo com um relatório do governo em 2012, cerca de 15.000 pessoas são mortas a cada ano em acidentes de trem. O pior acidente aconteceu em 1981, quando um trem caiu no rio Baghmati, no norte da Índia, matando quase 800 pessoas.

O primeiro-ministro Narendra Modi prometeu no ano passado investir US$ 137 bilhões nos próximos cinco anos para modernizar a rede ferroviária, que é utilizada por cerca de 23 milhões de passageiros por dia.

No domingo, Modi disse que o governo estava monitorando a situação de perto.