Adutora da Sabesp rompe e deixa 13 bairros sem água

  • Por Estadão Conteúdo
  • 29/06/2016 10h24
Cratera Vila Prudente

O rompimento de uma adutora da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), na noite da última terça-feira (28), provocou vazamento de água, que invadiu casas e interditou uma rua na Vila Prudente, na zona leste da capital paulista. De acordo com a estatal, 13 bairros tiveram o abastecimento afetado.

A companhia informou, em nota, que equipes trabalham no local, de maneira ininterrupta, desde as 22 horas da passada terça, no reparo do problema técnico, com o foco localizado no cruzamento das Ruas Domingos Afonso e São João Evangelista. Um carro caiu na cratera que se formou na via e foi resgatado. A previsão de término dos serviços está previsto para o início da noite desta quarta-feira (29).

Segundo a empresa, os distritos que enfrentam problema no abastecimento são: Vila Alpina, Vila Bela, Jardim Independência, Vila Prudente, Parque São Lucas, Vila Zelina, Vila Alois, Jardim Teresa, Vila Charlote, Vila Ivone, Vila Rosa, Vila Lucia e City Figueira. 

“A Sabesp presta toda assistência às pessoas afetadas e também fará o ressarcimento de todos os eventuais prejuízos”, disse, em nota, a diretoria da estatal paulista, enfatizando que “em casos de sinistro, uma vistoria é realizada por técnicos. Na sequência, o cliente apresenta três orçamentos com valores atuais de mercado. Após análise dos documentos, ele é indenizado pelos danos materiais causados.”

Os funcionários que operam no local afirmaram que, após a conclusão do trabalho na rede, será necessário o reparo da galeria de água pluvial pela Prefeitura.