AES Eletropaulo é condenada a pagar indenização por séries de apagões

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2014 13h47

A AES Eletropaulo foi condenada a pagar indenização de R$ 2 milhões após série de apagões entre 2009 e 2011, em São Paulo. A decisão em primeira instância é do juiz federal Djalma Moreira Gomes, titular da 25ª Vara Federal Cível.

O valor refere-se a danos morais coletivos e será revertido ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos, vinculado ao Ministério da Justiça. Em entrevista a Andre Aguiar, o secretário de Energia do Estado, José Aníbal, diz que, apesar da melhoria nos serviços, ainda há muito o que se fazer.

*Ouça os detalhes no áudio

A ação foi ajuizada pelo governo do estado de São Paulo e pela Fundação Procon, após inúmeras reclamações de consumidores. O diretor executivo do Procon – São Paulo, Paulo Arthur Góes, destacou que o restabelecimento da energia foi o principal problema na ocasião.

Em seu despacho, o juiz disse que a punição ocorreu em virtude de reiteradas interrupções no fornecimento de energia, sem ter havido um fato atípico. Em nota, a AES Eletropaulo informou que a decisão é de primeira instância e que a concessionária irá recorrer.