Analistas reduzem para 2,28% previsão de crescimento do Brasil em 2013

  • Por Agencia EFE
  • 06/01/2014 10h19

São Paulo, 6 jan (EFE).- Os economistas dos bancos privados brasileiros reduziram a previsão de crescimento em 2013 para 2,28%, contra 2,30% que projetavam até semana passada, informou nesta segunda-feira o Banco Central.

As previsões fazem parte do Boletim Focus, uma publicação semanal do instituto emissor na qual consulta a opinião de cem analistas de entidades privadas sobre o rumo da economia.

Os analistas também reduziram suas expectativas para este ano.

Segundo o Boletim Focus, o mercado espera agora para 2014 um crescimento de 1,95%, com relação aos 2% previstos na semana anterior.

Em ambos casos, as previsões do mercado são menos otimistas que as do Governo, que trabalha com uma taxa de crescimento de 2,5% para 2013 e de 4% para 2014.

Com relação à inflação, os analistas elevaram o cálculo de 5,73% para 5,74% durante o ano passado, mas diminuíram a previsão de 2014 de 5,98 % para 5,97%.

Frente à taxa básica de juros Selic, os analistas consultados mantêm para o final do 2014 uma projeção de 10,5% desse índice. EFE