Príncipe Andrew é acusado de ter mantido relações sexuais com uma adolescente menor de idade

  • Por Marcos Fidalgo/JP
  • 04/01/2015 19h21
Polícia britânica confunde príncipe Andrew com intruso

Marcos Fidalgo

O príncipe Andrew, o quinto na linha sucessória ao trono britânico, foi acusado de abusar sexualmente de uma menor de idade. A autora da denúncia é uma mulher que não teve sua identidade revelada. Ela afirma que em três ocasiões foi forçada pelo duque de York a fazer sexo com ele. As relações teriam ocorrido entre 1999 e 2002. Segundo a denunciante, os encontros ocorreram em Londres, Nova York e em uma ilha particular do banqueiro norte-americano Jeffery Epstein. O magnata já responde na justiça dos Estados Unidos pelo abuso de adolescentes menores de idade. Apesar de ser mencionado nesse processo, o filho da rainha Elizabeth Segunda não está sendo indiciado no momento.

Após a divulgação da denúncia na imprensa britânica, Andrew, de cinquenta e quatro anos, negou as acusações. Ele disse ainda que nunca desconfiou de atitudes suspeitas do amigo Jeffery. A realeza britânica, por sua vez, já saiu em sua defesa. Segundo um comunicado da residência Real, As afirmações feitas são falsas e não têm nenhum fundamento.