Ano de 2017 será ainda pior para as finanças do estado do Rio, prevê Fazenda

  • Por Agência Brasil
  • 05/12/2016 15h04
Palacio GuanabaraPalácio da Guanabara

a avaliação do secretário estadual de Fazenda do governo do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa, o próximo ano será ainda mais duro para a economia fluminense e, se nada for feito, o déficit do estado poderá saltar para R$ 52 bilhões ao final de 2018. 

Barbosa admitiu que o governo fluminense ainda busca recursos para fechar a folha de novembro e que não tem previsão para o pagamento de dezembro de servidores da ativa, aposentados e pensionistas.

O quadro das finanças do estado passa por “sérias dificuldades”, segundo o secretário. “Se nada for feito de imediato, até dezembro de 2018 o déficit do estado será de R$ 52 bilhões. Só em 2017, chegaremos a um déficit de R$ 16 bilhões, isso sem falar dos R$ 17,5 bilhões, que é o deficit previsto para este ano”, afirmou.

Segundo o secretário, o governo fluminense vem apostando nas medidas apresentadas à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) como parte da solução para amenizar a crise vivida pelo governo, em decorrência, principalmente da queda abrupta da arrecadação.