Antigo ministro da Fazenda diz que economia tem problemas graves, e vê Levy como luz no fim do túnel

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2014 13h29

O ex-ministro da Fazenda Carlos Langoni disse nesta quinta-feira (27) que os problemas na economia brasileira são graves e os desequilíbrios internos e externos se acumulam. Langoni também afirmou que há ainda a ameaça de rebaixamento da nota de risco do Brasil. Ele, porém, pontuou que a presidente Dilma Rousseff acertou ao escolher Joaquim Levy para ministro da Fazenda em seu segundo mandato.

“O governo agiu corretamente escolhendo para ministro da Fazenda uma pessoa com sólido background acadêmico; mais, o que é fundamental, experiência concreta em processos de ajustes. É bom lembrar que Joaquim Levy foi o secretário de Política Econômica que implementou o duro e necessário ajuste fiscal do primeiro ano do governo Lula, em 2003”, explicou.

Langoni também lembrou que Levy “pavimentou a recuperação da economia brasileira, inclusive permitindo que o Brasil saísse de forma honrosa de seus acordos e da sua dependência com o FMI (Fundo Monetário Internacional)”.

Ainda segundo o especialista, esse é o início do que chamou de “choque de credibilidade”, mas alertou que é preciso esperar as medidas que vão ser anunciadas. Ouça a entrevista completa no áudio com editora de economia JOVEM PAN Denise Campos de Toledo.