Anvisa implementa mudanças na compra de remédios

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2014 11h48

A partir do ano que vem, consumidor poderá comprar remédio similar como opção ao produto referência com a mesma receita. A medida da Anvisa deve impactar o mercado de medicamentos controlados já que para os demais não se exige a prescrição médica.

Para tanto, os similares serão obrigados a passar por testes de biodisponibilidade e colocar nas bulas o termo “equivalente”. O diretor do Conselho Federal de Farmácia, José Vílmore, relata os benefícios aos pacientes.

*Ouça os detalhes no áudio

Similares são os medicamento que utilizam, como os genéricos princípios ativos que já tiveram o período de proteção de patente encerrado. O diretor do Sindusfarma – sindicato da indústria farmacêutica – Nelson Mussolini, vê com receio a liberação dos similares no balcão da drogaria.

A Anvisa irá monitorar os preços dos similares, a fim de constatar possíveis alterações com a mudança. O mercado farmacêutico brasileiro cresce no patamar de dois dígitos e ano passado, faturou R$ 58 bilhões.