Ataque aéreo no Iêmen deixa 22 civis mortos, diz agência

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/03/2017 09h03

Em abril de 2015 um ataque aéreo atingiu a montanha Faj AttanAtaque em Iêmen mata líderes da Al-Qaeda - UNICEF

Uma agência de notícias ligada aos rebeldes da etnia houthi disse que subiu para 22 o número de civis mortos em um ataque aéreo da coalizão liderada pela Arábia Saudita a um mercado no Iêmen. Segundo a agência Saba, outras oito pessoas ficaram feridas no ataque, que ocorreu no mercado de Khokha, na província de Hodeida, no oeste do país.

A agência disse ainda que caças da coalizão continuam sobrevoando a área, atrapalhando a aproximação de equipes de socorro. A Associated Press disse que não foi possível verificar imediatamente os relatos. 

Mais cedo, a Associated Press informou que pelo menos 12 civis tinham sido mortos no ataque. 

A coalizão liderada pela Arábia Saudita iniciou uma campanha contra os rebeldes em março de 2015, em apoio ao governo internacionalmente reconhecido do Iêmen. O conflito já deixou mais de 10 mil civis mortos.