Ataque de drone americano mata 5 talibãs no Afeganistão

  • Por Agencia EFE
  • 01/03/2014 06h03

Cabul, 1 mar (EFE).- O bombardeio de um avião não tripulado (drone) dos Estados Unidos matou cinco talibãs, entre eles um importante comandante, na província de Kunar, no leste do Afeganistão, informou neste sábado uma fonte oficial.

O drone realizou o ataque na sexta-feira na região de Darin, no distrito de Ghaziabad, disse à agência local “PTI” o chefe da polícia provincial, Abdul Habib Saidkhil.

Entre os mortos se encontra o comandante talibã Abdul Rahim, também conhecido como Khubaib, de acordo com a fonte.

Os bombardeios com “drones” no Afeganistão são muito controversos, especialmente pela morte de civis.

Estados Unidos e Afeganistão negociam um pacto militar para a manutenção de tropas americanas em território afegão quando as forças da Otan se retirarem completamente do país até o final deste ano.

Apesar de a Loya Jirga – assembleia tradicional – ter dado sinal verde para o acordo em novembro do ano passado, o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, quer adiar a assinatura do mesmo até a realização das eleições gerais em abril.

No entanto, os Estados Unidos querem assinar o acordo o quanto antes.

A minuta do pacto prevê a presença de entre 10 mil e 15 mil soldados americanos no país asiático de 2015 até 2024. EFE