Ataques suicidas deixam ao menos 17 mortos no Iraque

  • Por Estadão Conteúdo
  • 27/09/2016 10h03
EBA76 BAGDAD (IRAK) 09/06/2016.- Los iraquíes inspeccionan el lugar donde se ha producido un atentado con coche bomba en el distrito de Al Jadida en Bagdad, Irak, hoy, 9 de junio de 2016. Los medios informaron de que esta nueva oleada de atentados en el norte y este de Bagdad tenían por objetivo el populoso mercado del distrito Al Jadida y una base militar en Taji, que ha matado a más de 22 personas y otra docena ha resultado herida. EFE/Ali AbbasAtaquem

Ataques suicidas separados atingiram áreas comerciais movimentadas da capital iraquiana nesta terça-feira, em regiões predominantemente xiitas da cidade, deixando ao menos 17 mortos, afirmaram autoridades.

A explosão mais forte aconteceu no bairro de Nova Bagdá, onde um homem bomba se aproximou de um grupo de trabalhadores da construção civil e detonou seus explosivos, matando 11 deles. Outros 28 ficaram feridos pela explosão, que também danificou carros e prédios.

Uma hora depois, outro homem bomba se matou em um mercado popular no bairro de Bayaa, matando seis comerciantes e ferindo outros 21.

Nenhuma organização assumiu ainda a responsabilidade pelos ataques, mas o Estado Islâmico, de orientação sunita, reivindicou um sem número de atentados similares. Os seus militantes, que controlam partes do Iraque, aumentaram esse tipo de ação nos últimos meses, em meio a um recuo de suas linhas.