Atentado suicida contra reduto do Hezbollah deixa 4 mortos no Líbano

  • Por Agencia EFE
  • 21/01/2014 09h46

(Atualiza número de vítimas e acrescenta detalhes).

Beirute, 21 jan (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram e 30 ficaram feridas nesta terça-feira em um atentado suicida no bairro de Beirute de Haret Hreik, um dos redutos do grupo xiita Hezbollah, segundo a agência oficial “ANN” e a Cruz Vermelha Libanesa.

O suicida detonou o carro em que estava e causou grandes danos materiais em prédios e em carros estacionados no local.

As imagens divulgadas pela TV mostraram um incêndio em uma das casas, de onde sobe uma grande coluna de fumaça. Várias ambulâncias foram ao local retirar aos feridos.

Várias ambulâncias se deslocaram para a região para resgatar os feridos, enquanto o militar Sakr Sakr pediu o início imediato de uma investigação.

O primeiro-ministro em fim de mandato, Najib Mikati, condenou o “crime odioso” e convocou todas as partes a cooperar para tirar o país da crise que atravessa.

Um dos deputados do Hezbollah, Ali Amar acusou do local da explosão a Israel do atentado e advertiu que o crime mina “a segurança, a união e a paz no Líbano”.

No início do mês, outra explosão em Haret Hreik deixou pelo menos seis mortos e 70 feridos.

Os atentados contra posições e fortificações do grupo xiita aumentaram nos últimos meses em punição por sua participação nos combates na Síria do lado do regime de Damasco. EFE