Atentado suicida contra universidade xiita em Bagdá deixa dois mortos

  • Por Agencia EFE
  • 20/04/2014 09h44

Bagdá, 20 abr (EFE).- Pelo menos dois policiais morreram e nove pessoas ficaram feridas neste domingo em um ataque cometido por dois suicidas contra uma universidade religiosa xiita em Bagdá, no Iraque, informaram à Agência Efe fontes de segurança.

O primeiro terrorista se ateou fogo com um cinto de explosivos em um posto de controle da polícia na entrada da Faculdade do imã Al Kazem, localizada no leste de Bagdá.

As forças de segurança conseguiram matar um segundo extremista que tentava invadir a instituição.

As fontes não descartaram um aumento do número de vítimas fatais devido à gravidade dos feridos. A polícia cercou a zona para facilitar a evacuação.

Os ataques contra a comunidade xiita são frequentes. Em 9 de abril, pelo menos 13 pessoas morreram e 90 ficaram feridas em uma onde de atentados com carro-bomba em zonas de maioria xiita de Bagdá e da província de Wasat.

O Iraque enfrenta um aumento da violência sectária e dos atentados terroristas, que causaram no ano passado a morte de mais de 8.860 pessoas, das quais 7.818 eram civis, segundo dados das Nações Unidas. EFE