Atentados em mercado no Iraque deixam ao menos 19 mortos e 41 feridos

  • Por Agencia EFE
  • 29/04/2014 13h18

(Atualiza o número de mortos e feridos).

Bagdá, 29 abr (EFE).- Pelo menos 19 pessoas morreram hoje e 41 ficaram feridas em um duplo atentado perpetrado em um mercado popular da zona Ao ++Saadia++, na província de Diyala, no leste do Iraque, o véspera das eleições parlamentares.

Uma fonte da polícia de Diyala informou à Agência Efe que é possível que o número de vítimas fatais aumente devido à gravidade de muitos dos feridos.

A explosão das duas bombas, de forma consecutiva, causou também grandes danos materiais nas lojas do mercado e nos carros estacionados nos arredores.

O atentado aconteceu na mesma província onde ontem 25 civis iraquianos morreram e mais de 30 ficaram feridos em um atentado contra um grupo de curdos na cidade de Hanekin.

O ataque foi cometido por um suicida, que detonou o cinto de explosivos que levava preso ao corpo em meio a um encontro de civis curdos em frente à sede local da União Patriótica do Curdistão.

Além disso, pelo menos 26 membros das forças de segurança e militares iraquianos morreram e 90 ficaram feridos ontem em ataques contra vários centros eleitorais, na jornada de votação antecipada para integrantes da polícia e do exército nas eleições legislativas.

Quase 20,5 milhões de iraquianos estão registrados como eleitores nas eleições de amanhã para escolher os ocupantes dos 328 cadeiras do parlamento.

A coalizão xiita Estado de Direito, dirigida pelo atual primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, sai como favorita para se impor no sufrágio, enquanto outras como a aliança laica “Al-Iraquiya” se apresentam fragmentadas. EFE