Atentados suicidas matam 10 agentes curdos na cidade de Kirkuk

  • Por Agencia EFE
  • 23/08/2014 14h07

Bagdá, 23 ago (EFE).- Pelo menos dez membros das forças curdas morreram e outros 60 ficaram feridos neste sábado em três ataques suicidas contra suas sedes na cidade de Kirkuk, 250 quilômetros ao norte de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Dois suicidas, que conduziam diferentes carros-bomba, atacaram edifícios dos peshmergas (tropas curdas) no sul de Kirkuk, enquanto outro invadiu uma sede das forças de segurança curdas Asayish no norte da mesma cidade.

As explosões causaram grandes incêndios nos quartéis das forças curdas. A fonte acrescentou que o saldo das vítimas é provisório, já que prosseguem os trabalhos de resgate de vítimas entre os escombros.

Kirkuk está em poder dos peshmergas desde a debandada do exército iraquiano perante o avanço do jihadista Estado Islâmico (EI) desde o último mês junho.

As forças curdas combatem agora os extremistas, com o respaldo da aviação dos Estados Unidos, no norte do Iraque.

O EI efetuou rápidas conquistas e no final de junho declarou um califado islâmico nos territórios da Síria e do Iraque sob seu controle. EFE