Atirador faz médico refém em Berlim e depois se suicida

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2016 08h53

Um suspeito fez um médico refém em tiroteio em Berlim, na Alemanha. O caso ocorreu no Hospital Universitário em Steglitz, na capital alemã por volta das 11h (horário local). Segundo a imprensa local, o atirador se matou.

A Alemanha tem sofrido nos últimos dias com repetidos ataques e está em alerta máximo. Na noite de domingo (24), um cidadão sírio detonou uma bomba na cidade bávara de Ansbach.

No mesmo dia, outro refugiado sírio matou um colega com um facão na cidade de Reutlingen, perto de Stuttgart.

No início da semana passada, um alemão-iraniano de 18 anos abriu fogo em um shopping em Munique e matou nove pessoas. O atirador cometeu suicídio.