Aumenta para 42 o número de mortos após acidente aéreo em Taiwan

  • Por Agencia EFE
  • 11/02/2015 09h29

Taipé, 11 fev (EFE).- Dois corpos de passageiros do avião acidentado da TransAsia foram recuperados nesta quarta-feira no rio Jilong de Taipé, aumentando para 42 o número de mortos, com apenas um desaparecido, anunciou a Administração da Aviação Civil (AAC) de Taiwan.

Além disso, um submarinista voluntário da equipe de resgate, aposentado de 67 anos de uma empresa de telecomunicações, morreu hoje em um hospital devido a um aneurisma na artéria ilíaca da pélvis, informou o hospital.

O submarinista morto se chamava Chung e pertencia à Associação de Resgate Lan-Yann.

A companhia aérea taiuanesa TransAsia, após uma reunião com familiares das vítimas, anunciou hoje que a compensação por cada uma das vítimas mortas será de 14,8 milhões de dólares taiuaneses (meio milhão aproximado de dólares) por pessoa.

Nos dias anteriores, a companhia aérea organizou dois serviços religiosos e um funeral pelas vítimas do voo GE325, que caiu na quarta-feira passada no rio Jilong de Taipé, com 58 passageiros e tripulantes, dos quais apenas 15 sobreviveram.

Exames preliminares das duas caixas-pretas da aeronave apontam, segundo um relatório da AAC, que aconteceu uma confusão dos pilotos, que desligaram por erro o único motor que funcionava na aeronave, após a falha do segundo motor do bimotor ATR72-600.

As operações de busca do único desaparecido continuam no rio Jilong, em meio ao frio e à falta de visibilidade nas enturvadas águas.

A Associação de Pilotos de Taiwan se queixaram do relatório da AAC e da exigência de que os pilotos de aviões ATR recebam novo treinamento e devam passar por um exame para voltar a pilotar. EFE