Aviões britânicos atacaram novos alvos do EI no Iraque

  • Por Agencia EFE
  • 02/10/2014 11h58

Londres, 2 out (EFE).- Aviões da Força Aérea Real britânica (RAF) atacaram na noite de quarta-feira um veículo do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no Iraque, segundo informou nesta quinta-feira o Ministério da Defesa do Reino Unido.

Um porta-voz do órgão especificou que dois caças Tornado da RAF fizeram uma operação “bem-sucedida” contra um caminhão de carga do grupo extremista.

Os novos ataques efetuados por aviões britânicos eram destinados ao apoio às forças curdas que operam em terra no avanço rumo às bases do EI no noroeste do Iraque, segundo um comunicado emitido.

Os aviões da RAF participam da operação militar internacional no Iraque desde que, na sexta-feira, o Parlamento deu sinal verde aos bombardeios aéreos contra os jihadistas do EI.

Ambos os caças da RAF efetuaram “um ataque preciso com sucesso contra um caminhão de carga, com uma bomba guiada Paveway IV”, revelou o Ministério da Defesa.

Os primeiros bombardeios de aviões britânicos contra alvos do EI no país árabe ocorreram na terça-feira, quando os caças atacaram “uma base de armamento pesado” e uma caminhonete armada.

Aviões da RAF também dispararam na quarta-feira mísseis Brimstone contra uma caminhonete carregada de armamento e um veículo de transporte no oeste de Bagdá.

Anteriormente a esses bombardeios, aviões militares da Força Aérea Real britânica já realizavam nos últimos dias missões de reconhecimento para estabelecer alvos claros dos jihadistas no Iraque.

A missão dos britânicos é restrita ao território iraquiano e não pode ser estendida à Síria, pois seria necessária outra aprovação do Parlamento de Westminster.

O Executivo britânico manifestou preocupação pelo nível de violência do EI após o assassinato de dois jornalistas americanos, James Foley e Steven Sotloff, e de um voluntário britânico, David Haines. EFE