Bachelet visita jovem que lhe pediu autorização para morrer

  • Por Agencia EFE
  • 28/02/2015 12h09

Santiago do Chile, 28 fev (EFE).- A presidente do Chile, Michelle Bachelet, visitou neste sábado, em um hospital de Santiago, a adolescente Valentina Maureira, de 14 anos e que sofre com fibrose cística, que ficou famosa em um vídeo no qual pedia à governante autorização para morrer e pôr fim a seu sofrimento.

O caso desta jovem, internada no Hospital Clínico da Universidade Católica de Santiago, reabriu no Chile o debate sobre a eutanásia, embora na quinta-feira o governo rejeitou a solicitação da doente porque a legislação vigente não permite, segundo explicou o porta-voz, Álvaro Elizalde.

Bachelet esteve neste sábado por mais de uma hora com Valentina Maureira no hospital, onde também estavam os pais da jovem e a ministra da Saúde, Carmen Castillo.

Maureira postou no domingo um vídeo em sua conta do Facebook no qual assinalava estar “cansada de viver com esta doença” e pedia a Bachelet autorização para “dormir para sempre”.

A mensagem de Valentina causou um grande impacto no país, que não dispõe de uma regulação sobre a eutanásia, e reabriu o debate sobre a possibilidade dos doentes terminais poderem decidir sobre sua situação.

O governo chileno se mostrou disposto a prestar apoio à jovem e sua família, embora recalcou que não pode autorizar a eutanásia porque não existe na legislação atual. EFE