Barbara Bush, ex-primeira dama dos EUA, é internada por problema respiratório

  • Por Agencia EFE
  • 02/01/2014 15h59

Redação Central, 1 jan (EFE).- A ex-primeira dama dos Estados Unidos, Barbara Bush, de 88 anos, foi hospitalizada por uma “complicação respiratória”, informou nesta quarta-feira a rede de televisão americana “CNN”, que citou um porta-voz da família Bush.

A esposa do ex-presidente George H. W. Bush foi hospitalizada na última segunda-feira no Hospital Metodista de Houston (Texas), disse em um breve comunicado o porta-voz da família Bush, Jim McGrath, citado pela “CNN”.

Barbara Bush “se encontra com bom ânimo, já recebeu a visita de seu marido e de sua família e está recebendo um tratamento fantástico”, detalhou o comunicado.

George H. W. Bush foi o 41º presidente dos Estados Unidos (1989-1993) e antes ocupou a Vice-Presidência durante os dois mandatos de Ronald Reagan.

Barbara Bush também é mãe do ex-presidente George W. Bush, que esteve no poder entre 2001 e 2009.

Em 1989, a ex-primeira dama anunciou que tinha sido diagnosticada, um ano antes, com uma doença “grave”, que afetava o sistema imunológico e a glândula tireoide. Em 2010, teve que ser hospitalizada pela reaparição desta mesma doença, segundo a “CNN”.

Também foi hospitalizada em 2008 após sofrer dores abdominais e teve que passar por uma cirurgia por conta de uma úlcera.

A ex-primeira dama americana criou uma fundação que leva o seu nome para combater o analfabetismo.

Barbara Bush deverá participar no próximo dia 14 de janeiro da leitura de trechos de um livro sobre a Estátua da Liberdade voltado para crianças com entre 3 e 8 anos e responder a perguntas durante uma videoconferência, segundo o site da Biblioteca e Museu Presidencial de George W. Bush. EFE