BCE mantém previsões de crescimento e revisa inflação em alta

  • Por Agencia EFE
  • 03/06/2015 11h44

Frankfurt (Alemanha), 3 jun (EFE).- O Banco Central Europeu (BCE) manteve nesta quarta-feira as previsões de crescimento para 2015 e 2016 e revisou para cima em três décimos as previsões de inflação para 2015, até 0,3%.

Em entrevista coletiva, o presidente do BCE, Mario Draghi, disse que a entidade prevê agora que a zona do euro crescerá 1,5% neste ano e 1,9% em 2016, como havia previsto em março. Além disso, o BCE prevê que a economia da zona do euro crescerá 2% (2,1% em março) em 2017.

Os analistas do BCE preveem uma inflação para este ano do 0,3 % (0% previsto em março).

Em relação ao Índice de Preços ao Consumidor, a entidade previu 1,5% em 2016 e 1,8% em 2017, como já havia calculado em março.

Draghi lembrou que a inflação na zona do euro já subiu em maio três décimos até 0,3% anualizado, em relação a abril.

Em março, o BCE havia revisado em alta as previsões de crescimento pela queda dos preços do petróleo, do euro e as compras de grandes quantidades de dívida, sobretudo pública.

Draghi disse que a entidade monetária comprará grandes quantidades de dívida, sobretudo públicas, até o fim de setembro de 2016 e, definitivamente, até que suba a inflação.

O BCE decidiu deixar inalterada a taxa de juros na zona do euro no mínimo histórico do 0,05%, para impulsionar a inflação e o crescimento. EFE